Portuguese English Italian Russian Spanish

Reconstrução da Mama

Há várias técnicas de reconstrução mamária, com algumas diferenças na recuperação pós-operatória. Principais procedimentos utilizados: Colocação de prótese de silicone; uso de expansor cutâneo seguido da colocação de prótese de silicone em duas operações; reconstrução mamária com retalho musculocutâneo do abdome. 

Tipo de anestesia: geral. 

Internação hospitalar: 24 ou 48 horas. 

Duração da cirurgia: 2 a 6 horas, de acordo com o procedimento indicado. 

Recuperação: trabalho, estudos, exercícios físicos: seis semanas a dois meses. 

Limitação: exposição solar, exercícios físicos, esportes por dois meses ou mais. 

Orientações Especiais: fisioterapia, massagem, hidratação da pele, colan e sutiã. 

No Pré-Operatório: realizar exames pré-operatórios; fazer jejum de 8 horas antes da hora marcada da cirurgia. Suspender uso de medicamento que contenha AAS (ácido acetil-salicílico), arnica, ginkobiloba e anticoagulantes, duas semanas antes e duas semanas depois da operação.

OBS: avisar sobre medicação que faça uso constante, uso de lentes de contato, óculos ou algum tipo de prótese dentária. 

Autohemotransfusão: é um procedimento de segurança para a saúde do paciente, realizado nos casos de grande volume cirúrgico calculado. Funciona da seguinte forma: Alguns dias antes da cirurgia o paciente dirige-se ao laboratório, "banco de sangue", para a retirada de uma bolsa do seu próprio sangue, ou com os seus doadores de preferência. Este sangue será guardado para ser utilizado no seu organismo ao final da operação. Este procedimento melhora a recuperação no pós-operatório e previne situações de anemia indesejáveis, sob a supervisão de um hematologista. 

Cuidados especiais no pré-operatório para reconstrução com músculo reto abdominal: preparo intestinal, que será prescrito pelo cirurgião, para o dia anterior à cirurgia; drenagem linfática na região mamária e membro superior; meia elástica e massagem nas panturrilhas 

No Pós-Operatório: alimentação moderada, dormir de barriga para cima, com as pernas ligeiramente encolhidas; usar roupas fáceis para vestir. Evitar serviços domésticos (faxina, cozinha) e dirigir automóvel por 30 dias. 

  • Caminhar devagar, levemente curvada para frente. Evitar sapatos com salto alto e subir escadas por quinze dias.
  • Modelador (cinta colam): indicado para evitar o aumento do inchaço e para propiciar conforto e segurança à paciente. O uso deve ser diário, inclusive para dormir durante 1 mês. 
  • Cigarro/Bebida alcoólica: devem ser evitados, pois prejudicam a cicatrização, a recuperação e alteram o efeito da medicação.
  • Massagem para Drenagem Linfática: auxilia na involução de inchaço e desaparecimento de eventuais equimoses (roxo da pele). Devem ser feitas por profissional competente, depois do sétimo dia da operação. 
  • Eventos indesejáveis: hemorragia, hematoma, seroma, infecção, deiscência (abertura de pontos), necrose, fibrose.

Endereço

SHIS QL 12, Conj. 02, Casa 02

Lago Sul, Brasília - DF
CEP: 71630-225

(61) 3364 3006

clinicamucioporto@hotmail.com